quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Janeiro sem freio


Foi tudo muito de repente.

Enquanto todos estavam concentrados em seus desejos para a virada do ano, festejando uns com outros na distribuição de abraços e na saudação de um ano melhor, eis que o ano se inicia surpreendendo a todos.

Não bastasse as nossas angústias e pequenos dramas internos, nos tornamos espectadores de tragédias globais.

A chuva, tão esperada por agricultores, tão aclamada pelos poetas e desejada por nós, naqueles dias de calor insuportável, não dava sinal de trégua e nos comprovou que seria uma das coadjuvantes do cenário de horror que janeiro nos deixou.

O paraíso de águas claras que reúne tanta gente bonita, transformou-se na primeira hora do ano em um cenário de horror, a chuva que caia fortemente na cidade de Angra, mais precisamente em Ilha Grande, deixou registrado um dos piores acontecimentos: a morte de pessoas que estavam lá, apenas de passagem curtindo o revellion em um lugar bacana, cercados por amigos e parentes.

Mas, o que parecia apenas um acidente isolado tomou proporções globais, logo em seguida o mês de janeiro nos marcava com mais um acontecimento desprezível: o terremoto em Porto Príncipe - Haiti. Uma cidade tão atormentada com suas adversidades, com tanta falta de perspectivas e órfã de si mesma, deixou ainda mais marcados os seus habitantes e a nós que assistíamos a tudo, com um nó enorme na garganta.

Quando acreditávamos que já bastava de tanto horror, São Luiz do Paraitinga foi mais uma vítima da enchente e teve sua igreja destruída pela fúria da natureza.

E os jogadores de Togo, na província Angolana, o terremoto da China que deixou mais de 100 casas destruídas, e a tempestade de neve dos EUA

A natureza em fúria nos deixou com tantos sofrimentos, tantas angústias, tantos sonhos desmoronados, levados pela chuva.

É foi realmente um janeiro sem freio.

Fonte:http://caminhodasborboletas74.arteblog.com.br/

7 comentários:

Nilza disse...

Zeus,
se existe algo que nos deixa nús é a impotencia diante da força, iras e caprichos da natureza. É lógico que podem ser abrandados com medidas preventivas, mas é tudo paliativo, pouco pode ser feito.
Talvez, se adotassem como mote a prioridade e responsabilidade com que o japão trata dos fenômenos da natureza resultasse algo positivo, mas o Haiti e Brasil não é nem tem a seriedade e compromisso que o Japão tem com seus cidadãos.
Beijo

Daniel Savio disse...

Será que realmente foi tão rapido?

Pois a quanto tempo nós sabemos que o mundo esta dando sinais de cansaço frente a nossa exploração desenfreada?

Sei que é triste a perda de vida humanas, mas estamos caminhando para algo que vai provocar toda a perda da vida na Terra, temos de começar a renovar nossos conceitos e tentar parar esta destruição...

Fique com Deus, menino Zeus.
Um abraço.

Káthia Marchand disse...

Ahhhh nem fala em janeiro amor!
Que decepção este mês, esperava tanto uma calmaria, um ano melhor... mas, somos culpados!
Tudo isso aconteceria, e prá falar a verdade, até demorou!
Bem... vc viu?
Madame tbm sai do salto meu amor!
Tá pensando o quê?
Hahahahahahahahahahaha...
A muié era folgada demais pro meu gosto!
De uma próxima vez... sei não!
Hahahahahahahahaha... brincadeira, xinguei porque não tolero abusos..
E vc meu querido?
Tá tudo bem?
Te adoro tá!
Jamais desceria do salto com vc ... hahahahahahaha
Beijinhos.

Léia disse...

Pos é, fiquei sabendo pelaThaís que viu primeiro, lá no escritório.

Olha só, uma crônica minha que virou post seu.

Posso entender com isso que você gostou, certo?

Beijos, Zeus.

caminhodasborboletas74.arteblog.com.br

ஜ♥_Sabrith_♥ஜ disse...

Apesar de ficarmos alarmados com tudo isso ainda assim não paramos pra pensar que tudo isso é resultado dos estragos que o homem fez à natureza. Agora ela dá o troco! E nós ficamos impotentes diante de tudo.
Ainda podemos consertar algumas coisas... mas será que queremos?
Muitos fecham os olhos e deixam para os outros fazerem alguma coisa!

Cíntia Maciel disse...

Oi !

Muito obrigada por sua visita, viu !
Alegrou muito cantinho!

Apareça sempre que puder !

Mil beijos

E tenha um ótimo final de semana !!!!

Brisa disse...

Zeus,a natureza cansou de tanto descaso!
Bjs da Brisa

Nossos Visitantes