quinta-feira, 6 de maio de 2010

O poder do dinheiro circulando


Numa pequena cidade, os habitantes endividados estão vivendo às custas de crédito.
Por sorte chega um gringo e entra no único hotel.
O gringo saca uma nota de R$ 100,00, põe no balcão e pede para ver um quarto.

Enquanto o gringo vê o quarto, o gerente do hotel sai correndo com a nota de R$ 100,00 e vai até o açougue para pagar suas dívidas com o açougueiro.

O açougueiro, pega a nota e vai até um criador de suínos a quem deve e paga tudo.
O criador, por sua vez, pega também a nota e corre ao veterinário liquidar sua dívida.

O veterinário, com a nota de R$ 100,00 em mãos, vai até a zona pagar o que devia a uma prostituta (em tempos de crise essa classe também trabalha a crédito).

A prostituta sai com o dinheiro em direção ao hotel, lugar onde levava seus clientes, e que ultimamente não havia pago pelas acomodações e paga a conta de R$ 100,00.

Nesse momento, o gringo chega novamente ao balcão, pede sua nota de R$ 100,00 de volta, agradece e diz não ser o que esperava e sai do hotel e da cidade.

Ninguém ganhou um vintém, porém agora todos saldaram suas dívidas e começam a ver o futuro com confiança!

Moral da história: Quando o dinheiro circula, não há crise!

Fonte:http://estripulia.spaceblog.com.br

8 comentários:

Daniel Savio disse...

Hua, kkk, ha, ha, mas tem de ter dinheiro realmente, não apenas a ilusão do mesmo...

Sabe, tipo o sistema do Estados Unidos que "credito".

Fique com Deus, menino Zeus.
Um abraço.

Jurema Cappelletti disse...

Que beleza de história! Fantástica! É o melhor meio de todos se desfazerem de suas dívidas, sem gastar um único tostao!

Ministério da saúde disse...

Caro blogueiro,

A vacina contra Influenza H1N1, vírus que já matou 1.632 brasileiros, está disponível nos postos de saúde pública de todo o Brasil para pessoas com maior risco de desenvolver a forma grave da doença. A vacina foi testada, é segura e mais de 300 milhões de pessoas já foram imunizadas com esta vacina no Hemisfério Norte. Sábado, 24, começa mais uma etapa da campanha, voltada agora para a vacinação de idosos com doenças crônicas. No entanto, a população das outras etapas - jovens de 20 a 29 anos, grávidas, crianças maiores de 6 meses a menores de 2 anos e doentes crônicos com menos de 60 anos - ainda podem procurar os postos para se vacinar.Para mais informações sobre como se tornar um parceiro, escreva para fernanda.scavacini@saude.gov.br
Atenciosamente,
Ministério da Saúde

Nilza disse...

Zeus,

Encurtando a conversa, honestidade, gera honestidade...se todos seguissem o exemplo, a começar por Brasília, as coisas seriam bem diferentes...

RCS Viagens e Turismo disse...

mas é assim mesmo que acontece com o $$$$. maneiro o post.
e... obrigado pela visitinha.
Beijosssss da * Poderosa *


http://mundodapoderosa.blogspot.com

Carpe Diem et Noctem disse...

Boa, muito boa!!
dá pra ter uma visão ampla do funcionamento do sistema...muito interessante!

abração e ótimo fds!
...E NÃO SE ESQUEÇA:
'cARPE DIEM E NOCTEM!'
;)

anita sereno disse...

oi passando para te desejar um bom final de semana beijinhos
Simpson corado
obrigada

IVANCEZAR disse...

Este seu POST mostra o quanto é importante "aquecer" o mercado , por isso acredito que o governo deve incentivar o consumo interno.

Nossos Visitantes