quinta-feira, 11 de março de 2010


A medida que você sustenta mentiras e falsidades, você se torna prisioneiro de um mundo fora da realidade.
A verdade que você esconde de você mesmo o separa do crescimento e da realização.
A verdade que você esconde dos outros o mantém distante. Infelizmente, algumas pessoas fazem da mentira um estilo de vida.
A verdade faz brilhar a luz em sua vida, para que você veja claramente o caminho que deve seguir.
O sucesso, as conquistas, a felicidade, a alegria, o companheirismo e a realização florescem ao calor da luz da verdade.
A honestidade é o caminho mais direto para onde você quer chegar.
A verdade e a honestidade são com freqüência difíceis, mas não mais difíceis que a falsidade.
Pensar diferente disso é desapontar até a você mesmo.
Esconder-se nas sombras da falsidade faz com que avanços se tornem impossíveis.
Que a verdade é ética não é segredo,mas a verdade também é prática, eficiente e funciona em toda conquista que valha a pena, algo já sabido pelos que desfrutam de sucesso duradouro.

5 comentários:

Daniel Savio disse...

Que mente, é porque não tem força para mudar o mundo pelas próprias ações...

Fique com Deus, menino Zeus.
Um abraço.

Carpe Diem et Noctem disse...

Faaalou e disse!
abrços!!! e Carpe diem!!!!

Nilza disse...

Zeus,
Sempre tive enorme dificuldades em definir verdades, sempre penso que ela varia de acordo com a cabeça de cada um, ou seja, uma imagem, um fato, podem gerar inúmeras verdades, depende do teus ponto de vista, isolando a predominãncia do fato, ou seja, ela não pertence a ninguem ou então é de todos.
Mas, com a mentira, nunca tive sombras de dúvidas, ela é única e inquestionavel, não há multifacetagem em suas projeções, e da feita que ela é lançada, cresce, recrudesce, ramifica-se e enraiza.
Voce tem sido um doce, obrigado amigo.
Beijos

Márcia Figueiredo disse...

oi, Zeus
Como vc está?
A falsidade é a mola mestra do país. Recebi um e-mail muito interessante, onde se falava da impossibilidade de contarmos com políticos honestos, pelo simples fato de o brasileiro não ser um povo que prime pela honestidade. Entre dezenas de exemplos, são citados a propina, o jeitinho, a fila tripla de carros, os fura-filas, etc. Existem até pessoas q pegam a válvula de panela de pressão em lojas (soube disso ao ter q me encaminhar a um departamento específico para pegar a válvula, q estava separada da panela - imagina isso?).
Dá pra cobrar idoneidade dos patifes que começaram com "pequenos delitos" e involuíram até chegarem à classe dos políticos? (generalizando)
Eles são exímios burladores de leis, e se aperfeiçoam a cada dia um pouco mais. Dá medo!!!
Essa verdade que o texto menciona é o que precisamos buscar e alcançar. Mudamos a base, e quem sabe assim essa mudança venha a se refletir no governo... Esperança é a última que morre, né?
Beijos e saudades

Adriana disse...

Seria bem mais facil viver, se todos pudessemos ler mentes.

Assim ninguem se enganaria com ninguem.


Eis o palco da vida, onde todos interpretam papeis, sem excessão.

E que jogue a primeira pedra e diga que nunca errou, que nunca mentiu que nunca se enganou, quem nunca caiu.

Abraço

Nossos Visitantes