segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Não te apresses


Não apresses a chuva,ela tem seu tempo de cair e saciar a sede da terra.
Não apresses o por do sol,ele tem seu tempo de anunciar
o anoitecer até seu último raio.
Não apresses a tua alegria,ela tem seu tempo para aprender
com a tua tristeza.
Não apresses teu silêncio,ele tem seu tempo de paz após o barulho cessar.
Não apresses teu amor,ele tem seu tempo de semear mesmo nos solos mais áridos do teu coração.
Não apresses tua raiva,ela tem seu tempo para abrir-se nas águas mansas da tua consciência.
Não apresses o outro,pois ele tem seu tempo para florescer aos olhos do Criador.
Não apresses a ti mesmo,pois precisas de tempo para sentir a tua própria evolução...

4 comentários:

Sandra disse...

Vim lhe conhecer.
Belo poste sobre a chuva.
Aind abem que ela deu uma trégua..
Mas é bem vinda. A vida precisa dela.
Com muito carinho
Sandra

alemmart disse...

Obrigado pela visita e volte sempre. Gostei do seu BLOG.

Nilza disse...

Zeus,
Voce tem uma sensibilidade e uma forma de ver a vida tão serena e edificante que me causa inveja, gosto disso, gosto de gente que tem o pó mágico do sonhar contínuo, gosto de gente que polariza e poleniza esses sonhos,
sem polemizar.
Beijos, querido.

Daniel Savio disse...

Cara, dê tempo ao tempo, e tudo passa...

Fique com Deus, menino Zeus.
Um abraço.

Nossos Visitantes