sábado, 30 de maio de 2009

A lei e os menores infratores


Atos covardes e banais como o assassinatos cometidos por “crianças”(isto já é uma rotina) é que deviam há tempos ter influenciado a decisão de punir o menor infrator,como ocorre nos EUA por exemplo,onde independente da idade,o criminoso é tratado como tal,portanto punido como tal.
Aqui no Brasil há anos os eminentes juristas,especialistas e ainda as nossas efecientissimas e interessadas autoridades estão discutindo a idade penal,se 14,16 ou 18,enfim isto não interessa para quem é vitima.
O infrator deve ser punido,tenha 10,11,12 ou qualquer outra idade.
Certamente,se isto já estivesse em vigor no país,muitas dessas mortes e crimes violentos praticados por menores teriam sido evitados.
Quem não se lembra de Champinha?
Portanto são as autoridades responsáveis por esta violência desenfreada(quando não culpadas),está na hora de mais seriedade e responsabilidade de todos os envolvidos na questão para o estabelecimento de um código penal que puna com rigor o menor,independente de sua idade ao cometer uma crime.
Fez...tem que assumir.
É muito fácil se proteger por detrás de um estatuto que ampara apenas o agressor e ficar colocando a culpa no sistema,como que se a falta de uma boa educação ou de uma estrutura familiar fosse a razão para cometer crimes contra terceiros impunimentemente.

6 comentários:

Fernanda disse...

Retribuindo sua visita e aproveitando para apoiar e fazer minhas suas palavras nesse post...
bj

planetadablogueira disse...

Obrigada pela visita em meu blog de humor!!! Tô seguindo aqui....

Se puder visite meu planeta :
planetadablogueira.blogspot.com

Efigênia Coutinho disse...

Gostei deste espaço cultural, você faz bem feito, serei uma seguidora deste seu evento,
Efigênia Coutinho
Escritora

Paulo disse...

Olá Amigão!
Como sempre vc disse tudo!
Fecho contigo, otimo post!
Abraço.

Jurema Cappelletti disse...

Devem baixar a idade para punição ao menor infrator. Ao menos aqui no Rio muitos traficantes os colocam à frente do crime, pois sabem que eles "correm menos perigo". É confortável ser criminoso quando existe impunidade. Que o digam nossos políticos.

Márcia Figueiredo disse...

Vc tem tem toda a razão.
(vou escrevendo pouquinha pra dar tempo de ver tudo...

Nossos Visitantes