quinta-feira, 4 de março de 2010

Pulserinhas


Quanto mais pulseiras, mais popular a pessoa se torna no grupo.
O material colorido de plástico, visto entre as entre as crianças e adolescentes como brinquedos ou mero acessório da moda, tem gerado polêmica nas escolas.
Esta é a novidade que está dando o que falar na imprensa escrita e falada nos últimos dias.
Os adereços coloridos fazem parte de um jogo que começou na Inglaterra e chegou ao Brasil pela internet.
Nele, a pessoa que tem sua pulseira arrebentada precisa cumprir a tarefa da cor correspondente.
A brincadeira pode ir de um simples abraço à relação sexual de fato.
Usar a pulseira amarela, por exemplo, representa um simples abraço; a roxa, beijo com a língua; a verde, sexo oral a ser praticado pelo menino; a azul, pela menina.
Quem não usa as pulseiras é excluído do grupo e quem usa as cores preto e dourado é mais respeitado, segundo os sites.
Rosely Sayão, psicóloga, consultora em educação e colunista da Folha, diz que os pais devem averiguar se os filhos têm noção desse simbolismo.
Segundo ela, não é o acessório que vai fazer as crianças iniciarem a vida sexual precocemente.
O prefeito da cidade de Navegantes (SC), Roberto Carlos de Souza, sancionou na terça-feira (2) um projeto de lei que proíbe o uso das pulseiras coloridas conhecidas como "pulseirinhas do sexo" nas escolas da rede municipal.
Mas cheguei a conclusão que grande parcela de culpa está nas escolas com os seus ensinamentos sobre educação sexual precoce demais e principalmente nas baixarias mostradas nas novelas e em outros programas de televisão,como o BBB por exemplo.
E não adianta querer dizer que são os pais que tem que controlar o que os filhos assistem,pois isto raramente é possível.
Penso que o homem tem que reaprender a conviver de forma mais saudável e racional com a sexualidade.

10 comentários:

! Marcelo Cândido ! disse...

Realmente a falta de personalidade e a fácil influência leva a esses conceitos!!!
(Educação vem de casa!)
Abraço rapaz
...

Daniel Savio disse...

Sabia dos casos das pulseiras, mas não que tinha sido feita uma lei em algum parte do Brasil para proibi-las...

Fique com Deus, menino Zeus.
Um abraço.

Nilza disse...

Bom dia!
Sinceramente, não acredito na eficácia da intromissão de uma lei nessas circunstãncias, as pulseirinhas são meros adornos, e acredito piamente que os jovens que dela se servem para inserir-se em um determinado grupo, já tem em sí a índole da sensualidade, até porque nessa faixa etária, ela é uma constante, cabe-nos a nós pais, orientar, alertar os nossos filhos e principalmente tornar claro, que o sexo não é banalização nem recreação, mas sim,
um ato decorrente, uma consequencia de sentimentos profundos e límpidos como o amor.
Beijos.

Brisa disse...

Zeus, saudades de vc amigo!
Por onde tem andado? Deve estar trabalhando à beça, não é mesmo? Eu também, pois voltei a escrever, junto com a Márcia. Até o final do ano teremos novidades,aguarde!

Miiigo querido!!!É deprimente o que está se passando com alguns de nossos jovens...
Bjs no seu core,
Cris

Brisa disse...

Zeus, saudades de vc amigo!
Por onde tem andado? Deve estar trabalhando à beça, não é mesmo? Eu também, pois voltei a escrever, junto com a Márcia. Até o final do ano teremos novidades,aguarde!

Miiigo querido!!!É deprimente o que está se passando com alguns de nossos jovens...
Bjs no seu core,
Cris

Luaniinha Lacerda disse...

aa eu concordo, com voce .. a cada dia que passa , crianças e adolescentes estão iniciando a relação sexual mais cedo... e as vezes isso parte de dentro de casa mesmo..
eu acho qe os pais deveriam ser mais liberais , e explicar para os seus filhos o que pode e o qe nao pode na idade certa, e nao deixar que o mundo os ensine de uma maneira totalmente incomum!

A adorei a frase ;D e passa lá sempre ;D

Carpe Diem et Noctem disse...

Não sei nem o que falar a cerca do tema, pois particularmente sou contra essa onda de 'modinha', de ter que fazer isso ou aquilo pra integrar-me em um 'grupo', isso me parece coisa das cavernas...acredito na originalidade. E sobre a sexualidade precoce... isso é muito complicado, mesmo aqui no Brasil (um país liberal) onde a cultura ainda impede que os pais tenham um relacionamento inteligível com seus filhos sobre o tabú do sexo!

Abraço Bilizeus

Adilean Coelho Alencar disse...

Que coisa,ontem ouvi um comentário sobre essas pulseiras,mas não levei a sério.Achei que o menino estava brincando.
Mas quem usava era uma criança,usava sem saber mesmo,como adorno,aí ele alertou ela.
Não sabia dessa lei.
Obrigada pela informação querido.
Obrigada pela visita.
Vou passar essa notícia para frente!
Fica com Deus!

Sandra disse...

Retribuindo e agradecendo a suas visitas.
OS MEUS BLOG SÓ TEM O PERFUME PORQUE VOCÊ VEM TODOS OS DIAS ME VISITAR..
DEIXA O NO AR O PERFUME QUE ME LEVA ATÉ VOCÊ.
ASSIM FICA IMPOSSIVEL PERDER O SEU RASTRINHO..
CARINHOSAMENTE EU LHE AGRADEÇO PELA SUA PERMANÊNCIA TÃO DELICADA EM MEU BLOG.
CURIOSA SÓ TEM AGRADECER A ESTA LINDA PESSOA, QUE ME ACOMPANHA SEMPRE.
NA ALEGRIA E NA A TRISTEZA.
MUITO OBRIGADA, PELO SEU CARINHO E COMPANHIA.
SANDRA

Tem um lindo selinho na Interação de Amigos te esperando..
http://sandrarandrade7.blogspot.com
Comentarista excelente e também os de 200 seguidores.
Vou te Esperar por lá..

Sandra disse...

Na interação de amigos também poste sobre as pulseirinhas com o nome A inocência das cores..
Venha conferir e levar o selinho.
http://sandrarandrade7.blogspot.com
Carinhosamente eu vou te esperar..
estou te seguindo.
fica o convite para conhecer os demais blogs e ser meu seguidor também..
Venha conhecer os outros.
tenho certeza que vai gostar.
se naõ gostar..fica o meu muito obrigada, pela visita..rsrsrsrsr
Sandra

Nossos Visitantes