quarta-feira, 1 de abril de 2009

O inevitável


Um poderoso rei condenou um humilde súdito à morte. O homem, prestes a ser executado, propôs e teve a concordância do rei, permiti-lo ensinar o cavalo real a voar. Caso não conseguisse, no prazo de um ano, então sua sentença seria cumprida.
- "Por que adiar o inevitável?" perguntou-lhe um amigo.
- "Não é inevitável," ele respondeu. "Dentro de um ano: O rei pode perder o trono, Eu posso Fugir, O Cavalo pode fugir, Eu posso ensinar o cavalo a voar."

Freqüentemente nos vemos diante de obstáculos difíceis e aparentemente impossíveis de transpor. Por mais que busquemos soluções, elas parecem não existir. o primeiro impulso nos convida a desistir, mas é preciso que jamais esqueçamos todas as coisas são possíveis.

Assim como o súdito de nossa estória, aprendamos a olhar a situação com otimismo. Para cada possibilidade adversa, muitas favoráveis poderão ser encontradas, e, o que parecia impossível, logo será realidade.

Lembre-se:

Mesmo que tudo indique o contrário, creia: o seu "cavalo" pode voar.

3 comentários:

Raul Rais disse...

Texto bastante motivador!
Quem nunca pensou em desistir ou desistiu de algo só porque aparentava ser impossível de conseguir?

valeu abrassss

J. Araújo disse...

Existe momentos em que tudo parece perdido. Quando de repente achamos uma solução; o que não podemos é achar que tudo está perdido.

Texto bem motivador.

Parabéns por ele

Abraço

jorge bohaczuk disse...

Olá Zeus.
Sempre existe um caminho diferente, basta procurar.
Abraços.

Nossos Visitantes