sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Nunca ninguém sabe

Nunca ninguém sabe se estou louco para rir ou para chorar.


Por isso o meu verso tem esse quase imperceptível tremor...


A vida é louca, o mundo é triste:


Vale a pena matar-se por isso?


Nem por ninguém!


Só se deve morrer de puro amor...

9 comentários:

Leandro Cardoso disse...

Verdade, e só ele constrói como se diz :)

Si disse...

Obrigada por ser nº1 em acompanhar meu novo blog.

Si disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luciana disse...

Muito legal o seu blog. Li alguns posts e gostei bastante.
E quanto ao amor... se for puro, vale a pena morrer por ele...

Então você está em Floripa também?

Bom final de semana! Abçs!

Cris Rubi disse...

Olá querida,
Vim agradecer-te por sua presença em meu blog.
Tenha um otimo final de semana
beijo grande

Quase nos 50 disse...

Sabe que mais?
Nem por amor a alguém se deve "morrer".
Um filho, uma mãe, um pai ou um irmão ou irmã podem merecer mas esse amor é especial.
Infelizmente é a conclusão a que cheguei......
Obrigada por me ter adicionado e um grande abraço

Problematica disse...

Fui no seu blog... mas tinha tempo que queria vir aqui...
olha eu ai!
=D posso dizer uma coisa... esse blog ta dez... não sei pq gostei mais desse que do outro... acho esse mais espaçoso!
mas ainda curto outro!
beijos

Problematica disse...

Fui no seu blog... mas tinha tempo que queria vir aqui...
olha eu ai!
=D posso dizer uma coisa... esse blog ta dez... não sei pq gostei mais desse que do outro... acho esse mais espaçoso!
mas ainda curto outro!
beijos

Lumiar Digital Studio disse...

Olá amigo! vejo que está sempre pertinho! Agora sou uma seguidora também. Já adicionei a tag seguidores em meu blog! Valeu a força!
Estaremos mais ligados!

Nossos Visitantes