quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

A cor não importa

Um homem vendia balões em uma quermesse.

Ele era um bom vendedor e como tática deixou um balão vermelho soltar-se e elevar-se nos ares,atraindo assim uma multidão de jovens compradores de balões.

Bem perto dali estava um menino que a tudo observava e estava apreciando os lindos balões de várias cores e de vários tamanhos.

Depois de ter soltado o balão vermelho,o vendedor soltou um azul,depois um amarelo e finalmente um branco.

Todos os balões foram subindo até sumirem de vista.

Mas,uma coisa aborrecia o menino que atentamente ,observou que o homem não soltava o balão de cor preta.

Então ele se aproximou do vendedor e, com toda a sua inocência lhe perguntou:

- Moço,se o senhor soltar o balão preto,ele subirá tão alto quanto os demais balões?

E o vendedor lhe responde:

- Não é a cor,meu filho, que faz o balão subir,mas o que está dentro dele.

1 comentários:

kikinhah disse...

oie amigo!
td bem? estou com um novo blog.

Nossos Visitantes